segunda-feira, 4 de abril de 2016

A.A. CENTENÁRIO NÃO SOUBE APROVEITAR O “FATOR CAMPO”.

Fabrício marcando o gol da virada. Pequeriense 3x2.

Jogando na manhã do último domingo(03), o Centenário recebeu o Pequeriense no campo do Palmeirinha. Com um time mais jovem e jogadores mais rodados, o Centenário sinalizava que alcançaria uma vitória, até com certa facilidade. Visto que, abriu o marcador através de penalidade máxima cobrada por Cássio “Bililiu”(Wagner sofreu pênalti) e logo em seguida o artilheiro Wagner aumentou de cabeça após escanteio cobrado por Cássio. Mas o Pequeriense empatou ainda no primeiro tempo e a história mudou.

O JOGO

O Pequeriense até que iniciou melhor, mais organizado, levando perigo ao gol defendido por Carlos, principalmente pelo atacante Fabrício. Mas aos 12 minutos, Wágner sofreu pênalti cobrado com categoria por Cássio. Centenário 1x0. Aos 17 já estava 2x0 para o Centenário. Após cobrança de escanteio, Wágner subiu mais que os zagueiros e aumentou o placar. Neste momento parecia que a vitória estava bem encaminhada. Não pela fragilidade do adversário, mesmo porque o Pequeriense tem um elenco com qualidade técnica ótima, mas sim pelo condicionamento físico da maioria de seus atletas. Como estava desenhado, o Centenário continuou atacando e abusando de perder oportunidades de gols. Aos 26, depois do oportunismo do atacante Fabrício que se livrou de dois marcadores dentro da área, Wilian soltou a bomba para diminuir. Centenário 2x1.
A esta altura o jogo estava equilibrado, e antes do término do primeiro tempo, aos 39 minutos, Né, que acabara de entrar no lugar de Vander, fez boa jogada pela direita e cruzou para área. A bola chegou no talentoso Wilian que, com um toque de classe, cobriu o goleiro Carlos decretando o empate.
Veio a segunda etapa e o Centenário, jogando em casa, queria a vitória a qualquer custo. Para tanto, reforçou ainda mais a equipe promovendo as entradas de Véi, Porquinho e Sorriso nos lugares de Cabeça, Edurado e Márcio respectivamente. Realmente o time ficou ainda mais ofensivo e as oportunidades continuaram aparecendo. Em uma delas, aos 12 minutos, Wágner foi derrubado dentro da área pelo zagueiro Padeiro. Pênalti. Sorriso bateu e o goleiro Flávio fez a defesa parcial e no rebote sorriso chutou para nova defesa de Flávio, agora sem rebote. Aos 15, Flávio voltou a realizar grande defesa em chute de Sorriso. Depois de tantos gols perdido pela equipe do Centenário, o Pequeriense resolveu contra atacar com Fabrício que, em jogada de velocidade, passou por três adversários antes de driblar o goleiro Carlos e decretar a virada. Golaço!!! Pequeriense 3x2. Não deu nem para comemorar. Ou melhor, comemoraram tanto que não viram quando o artilheiro Sorriso penetrou pelo lado esquerdo da área e, por cobertura, empatou o jogo 3x3.
Mas o melhor ainda estava por vir. Aos 23, Porquinho lançou Wágner dentro da área. O Atacante escorou de peito para Sorriso que, em velocidade, tocou por cima do goleiro Flávio com a bola morrendo dentro do gol. Golaço !!! Centenário 4x3. Parecia que este gol selaria de vez a vitória. Mas, “no apagar das luzes”, Michel fez tabela com Alexandre e da entrada da área chutou sem chance para Carlos. Final Centenário 4x4 Pequeriense.
ASSISTA:                                                          
FICHA TÉCNICA: Com boa arbitragem de Leonor da Silva auxiliado por Bartolomeu Fófano e Welington Felipe, o Centenário jogou com Carlos no gol; Alex, Edmar, Maurício e Cabeça(Véi); Ituí, Dé(Sandro), Cássio”Bililiu” e Eduardo”Vanor”(Porquinho); Wágner(Anderson) e Márcio(Sorriso). Técnico: Gibi.
Pequeriense jogou com Flávio, Oton(Alexandre), Padeiro, João Vítor(Marc) e Vander(Né); Casado, Zé Márcio(Carlinhos), Luciano e Titico(Michel); Fabrício e Willian. Técnico: Robertinho.
O Taruana lidera o grupo cm 6 pontos seguido do Centenário com 4 pontos. O próximo adversário do Centenário é o Taruana em local a ser definido.
MAIS REGISTROS:
 Willian: muito bom!

 Welington Felipe, Leonor Silva e Bartolomeu Fófano.

 Com Sorriso em campo não tem placar em branco.



 Sorriso marcando o 4º gol.

 Pequeriense

 Centenário.
Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser!

2 comentários:

  1. Muito bom este trabalho do Nei Medina deve ser valorizado! !!!! Parabéns! !!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Fabrício.
    Parabéns pela atuação.

    ResponderExcluir