domingo, 30 de setembro de 2012

XI Copa Heleno de Freitas: Centenário perde muitos gols mas vence.


Vagner autor do primeiro gol do Centenário

Mesmo concorrendo com o campeonato brasileiro, um bom público compareceu no campo do Mangueira, para prestigiar Centenário e Pequeriense na primeira partida da grande final.

E o Centenário voltou a abusar do direito de perder gols. Está certo que se perdeu é porque também criou as oportunidades, mas em jogo decisivo não se pode errar. A equipe de São João dominou toda a primeira etapa não dando chance para o Pequeriense mas só conseguiu abrir o marcador aos 44 minutos do primeiro tempo através do artilheiro Vagner(vídeo abaixo).

Na segunda etapa o Pequeriense voltou melhor e criou algumas chances. Numa delas o zagueiro Didi fez ótima jogada pelo meio da área e chutou cruzado; a bola passou pelo goleiro Fábio mas não pelo atacante Matheus e só teve o trabalho de empurrar para o fundo da rede. Era o gol de empate.

A esta altura o Pequeriense estava melhor e poderia ter virado o jogo. A partir dos 30 minutos o Centenário exerceu enorme pressão pra cima do adversário e Vagner finalizou 3 vezes com muito perigo. Teve até um pênalti, em cima do Vagner, não marcado pela arbitragem.
Mas nos acréscimos, aos 50 minutos, Juninho PC que havia entrado no lugar de Robson”cotoco”, apareceu pelo lado direito de ataque do Centenário e dentro da área chutou de pé direito, num chute cruzado, no canto direito de Negretti que nada pode fazer. Centenário 2x1.

O Pequeriense ainda teve chance de empatar mas ficou nisso. Final Centenário 2x1 Pequeriense.
 

Com arbitragem de André Vieira(Mirai), auxiliado por Amarildo Macedo de Lima(Leopoldina) e Rui de Almeida(Cataguases), muito criticada pelos dois lados, o Centenário venceu com Fábio; Diego”farinha”, Diego”papito”, Júnior Gielo e Diego”torrada”; Vinícius(Álvaro), Emiliano, Marcos Vinícius e Robson(Juninho PC); Michel Lima(Odair) e Vagner(Sandro). Técnico Sassá(interino)
 
Pequeriense: Negretti no gol; Diogo, Né, Didi e Thiago; Rodrigo, Bruno, Marquinho e Bodega(Reidner); Rufino e Matheus. Técnico: Paulo Henrique.
 
Próxima partida, jogo de volta, será no próximo domingo, às 14 horas, em Pequeri.

Amarildo Macedo Lima, André Vieira e Rui de Almeida

Juninho PC autor do gol da vitoria

Matheus autor do gol de empate

Paulo Henrique, Diogo, Marquinho, Bruno, Rodrigo e Negretti. Agach. Didi, Bodega, Né, Rufino, Dingo e Thiago.
 
Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser!

sábado, 29 de setembro de 2012

COPA HELENO DE FREITAS: Centenário desiste de LÉO MEDEIROS

                                        Foto - ogol.com.br

Nós que acompanhamos a Copa Heleno de Freitas 2012 desde seu início, após a segunda rodada, depois de conversar com Sassá(diretor do Centenário) noticiamos que a Associação Atlética Centenário havia negociado com Léo Medeiros(ex Flamengo) para a disputa da Copa, a princípio os jogos finais.

No meio desta semana, mais precisamente quarta-feira(26), o mesmo Sassá nos informou que por questões financeiras o Centenário havia desistido de trazer o atleta.

Entendo que é uma forma de prestigiar o elenco que está desde o início da competição, mas que seria uma atração a mais, isso seria.

Fica pra próxima.

Neste domingo(30), Centenário e Pequeriense começam a decisão da XI Copa Heleno de Freitas de Futebol.
O primeira partida será em São João Nepomuceno, às 15 horas no campo do Mangueira.

No time do Pequeriense o destaque é o artilheiro Rufino(foto).


Que vença o melhor!

Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser!


quinta-feira, 27 de setembro de 2012

MARCOS VINÍCIUS NO FUTSAL DA TAILÂNDIA



O craque do futsal, e também do futebol de campo, Marcos Vinícius"chiqueirinho", pela segunda vez, estará defendendo o time do CAT TELECON, 1ª divisão do Campeonato Nacional de Futsal da Tailândia.

O torneio conta com 19 equipes e muitos atletas brasileiros. No ano passado, Marcos Vinícius atuou em 24 partidas e marcou 17 gols.

"Chiqueirinho" atualmente defende a Associação Atlética Centenário e  está na final da XI Copa Heleno de Freitas de Futebol 2012.

Após a decisão ele seguirá para o País do Boxe Tailandês; esporte tradicional naquele País.

Boa sorte ao nosso craque.

Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser!

domingo, 23 de setembro de 2012

Heleno de Freitas 2012 - CENTENÁRIO ESTÁ NA FINAL


Fabio, Digo Papito, Diego Farinha, Vinicius, Jr.Gielo, Diego Torrada e Adao. agach. Marcos Vinicius, Odair, Emiliano, Robson Cotoco e Vagner

Centenário perde no tempo normal mais, nas penalidades máximas, garante vaga na grande final da XI Copa Heleno de Freitas de Futebol-2012.

Foi um jogo de dois tempos distintos. Na primeira etapa o Prainha envolveu completamente a equipe do Centenário e venceu por 2 a 0 com gols do meia Flavinho(ex Americano de Campos) e do atacante Tardeli (vídeo abaixo)

No segundo tempo o Centenário voltou melhor e teve a maior posse de bola, ou seja, teve mais volume de jogo. Mas não conseguiu converter em gols este domínio. Final Prainha 2x0 Centenário.

Nas cobranças de pênaltis o Centenário vence por 4x2. No vídeo abaixo você assistirá Fábio(Centenário) a primeira cobrança do Prainha efetuada pelo zagueiro Fernando. Na sequência Diego Papito marcou para o Centenário; o atacante Rildo perdeu; Vinícius converteu para o Centenário; Flavinho marcou para o Prainha; o atacante Vagner também converteu; Júnior “Negão” marcou para o Prainha e na 4ª cobrança Michel Lima do Centenário deu números finais as cobranças(4 a 2), tirando a chance de Moreno bater pra o Prainha e Júnior Gielo para o Centenário.



Com esta vitória o Centenário enfrentará o Pequeriense que derrotou o Independente de Goiana, também, nos pênaltis. O primeiro jogo será no próximo domingo, campo do Mangueira,  em São João Nepomuceno.

Com boa arbitragem de Antônio Moraes, auxiliado por Welton Siqueira Resende e Jurandir José da Silva, o Prainha perdeu com Manga no gol; Michel Gielo(Wendel), Gustavo, Fernando e Tatinha(Tim Paraguai); Júnior ”Negão”, Fu, Flavinho e Rafael(Moreno); Tardeli(Tatá) e Bruno(Rildo)
Técnico: Cidinho.

Centenário conseguiu a classificação com Fábio; Diego “Farinha”(Juninho PC), Júnior Gielo, Diego “Papito” e Diego”Torada”(Vítor); Vinícius, Emiliano, Marcos Vinícius e Odair(Michel Lima); Robson “Cotoco” e Vagner.
Técnico: Deacir.

DESTAQUES: No Prainha Junior Negão e Flavinho fizeram boa partida. Pelo lado do Centenário destaque para o goleiro Fábio, Vinicius e Robson Cotoco

Bruno, Fernando, Rafael, Manga, Gustavo e Jr. Negao. Agach. Michel, Tatinha, Flavinho, Tardeli e Fu

FERNANDO DE LÉLIS

Flavinho, ex Americano de Campos, autor do primeiro gol,  tendo Rildo ao fundo.

Tardeli autor do segundo gol

Vagner recebendo cartao amarelo do arbitro Antonio Moraes

Welton Siqueira Resende, Antonio Moraes e Jurandir José da Silva

Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser.

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Grama Sintética em São João Nepomuceno - MG



Foi inaugurado neste sábado(15) o NÚCLEO RECREATIVO MUNDO DA BOLA, com o que há de mais moderno no que diz respeito a grama sintética.

Produto no padrão FIFA, o gramado é realmente excelente. Deu vontade de voltar a “jogar”.

No vídeo abaixo, você assistirá o pronunciamento do nosso amigo Léo Castro, que ao lado do, também, amigo Vandinho, não mediram esforços para que o sonho fosse realizado. Você, também, verá Vandinho marcando um gol histórico. É o primeiro gol legal marcado na grama sintética do Núcleo Recreativo Mundo da Bola.
 E sob a proteção de Deus o espaço está liberado para os amantes da boa e eterna “pelada”.
.


Parabéns ao Léo e Vandinho por proporcionar aos amantes do futebol este espaço familiar e prazeroso.

Bar

Campo com a grama sintetica

Desculpem mas a foto não saiu do nivel dos atletas

Mane Leandro

Ney Ferrugem

Quadra de peteca e futvolei

Toin

Vandinho autor do primeiro gol na grama sintética do Nucleo Recrativo

Gramado sintetico

Vestiario
Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser.

domingo, 16 de setembro de 2012

CENTENÁRIO 2X1 PRAINHA.


Fernando agradece a Deus após gol de empate

Centenário e Prainha fazem uma das semi finais da XI Copa Heleno de Freitas de Futebol 2012. Neste domingo(16), no jogo de ida realizado no campo do Mangueira, a equipe do Centenário teve mais volume de jogo, mas as melhores oportunidades foram criadas pelo representante de Rio Novo.

Na primeira, etapa quando o Prainha pressionava mais, Odair fez ótimo lançamento para o oportunista atacante Vagner que, na saída do goleiro Gabriel, fez Centenário 1x0. 

Veio o segundo tempo e o panorama não mudou. O Prainha não era espetacular, mas com jogadores mais “rodados” cadenciava mais a partida. E a partir dos 25 minutos o técnico Cidinho promoveu a entrada de Moreno; aí o sufoco foi grande, e nos acréscimos, aos 47 minutos, Fernando aproveitou cruzamento da direita e de cabeça empatou a partida.

Os jogadores do Prainha comemoraram muito o gol de empate, pois era importante para o jogo de volta. Mais, “no apagar das luzes”, aos 49 minutos, o zagueiro Junior Gielo escorou escanteio cobrado por Odair e de cuca legal marcou o 2º gol do Centenário dando números finais à partida.

Destaque para o meia Odair que fez ótima partida; seguido dos zagueiros Diego”papito” e Júnior Gielo; do volante Vinícius e do atacante Vagner.

Pelo lado do Prainha destaque para Júnior Negão, Tardeli  e Moreno.



Centenário jogou com Fábio; Diego”farinha”(Sandro), Diego”papito”, Júnior Gielo e Torrada; Emiliano, Vinícius, Marcos Vinícius”chiqueirinho” e Odair;  Robson”cotoco”(Danrlei) e Vagner. Técnico: Deacir.

Prainha perdeu com Gabriel; Michel Gielo(Feijão), Fernando, Gustavo e Tatinha(Ronaldo Luiz); Júnior “negão”, Fu, Peixoto(Moreno) e Rafael;  Tatá e Tardeli. Técnico: Cidinho.

Arbitragem de Leonor Santos Barcário, auxiliado por Rui de Almeida da Silva e Amarildo Macedo Lima.

Jogo de volta será no próximo domingo em Rio Novo às 14 horas

Gabriel, Peixoto, Fernando, Fu, Gustavo e Jr. Negao. Agach. Tata, Rafael, Tatinha, Michel Gielo e Tardeli

Gielo ao lado do torcedor

Luiz Quirino de Freitas

Rui de Almeida da Silva, Leonor Santos Barcario e Amarildo Macedo Lima

Vagner autor do primeiro gol

Torcida do prainha


Até a próxima se Deus quiser!

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

ETINHO RECEBE HOMENAGEM DA CÂMARA DE VEREADORES

                                                 Foto mg.esportes.net

Por indicação do competente Vereador Írio Henriques e o apoio de todos os Vereadores da Câmara Municipal de São João Nepomuceno, foi concedido a WELINGTON TAVARES FAJARDO, o Etinho, o honroso Título de Cidadão Sãojoanense.

Natural de Leopoldina-MG, Wellington que é filho de Welington Miranda Fajardo (o Guarda) e Marilis Tavares Fajardo, passou sua infância aqui em São João Nepomuceno.

Curiosidade:
Num papo agradável na sauna do Trombeteiros, Etinho me revelou o seguinte:
“meus pais moravam aqui em São João mas a família de minha Mãe é toda ela nascida em Leopoldina. Então, toda vez que ela engravidava, quando aproximava o dia do parto eles viajavam para Leopoldina para que o nascimento do filho fosse naquele Município. Foi assim comigo, a Rita e o Hélder.”

Etinho, carinhosamente chamado por seus amigos, iniciou sua vitoriosa carreira no América Mineiro em março de 1978, nas categorias de base. Profissionalizou-se em março de 1981 ainda no América, onde ficou até junho de 1986.
No América foi considerado em 1985 o melhor goleiro de Minas Gerais ganhando o tradicional Troféu Guará, concedido aos melhores da posição. Na oportunidade superou os goleiros João Leite do Atlético Mineiro e Luís Antônio do Cruzeiro.

1983 – América-MG de pé: Wellington, Waner, Luís Carlos, Humberto, Lúcio e Jorge Luís.
Agachados: Adilson, Zezinho, Paulinho, Luís Carlos Gaúcho e Augusto

Transferiu-se para o Cruzeiro Esporte Clube em Junho de 1986, onde jogou 80 partidas pelo clube celeste. É o 15º goleiro entre os 90 goleiros da história do clube que mais jogou com a camisa do Cruzeiro. Sendo campeão mineiro de 1987, vice-campeão da 1ª Supercopa da Libertadores da América em 1988, e campeão de vários torneios na Europa, como, por exemplo, Torneio cidade de Pamplona, Torneio cidade de Alicante, Torneio cidade de Madri - vencendo o Atlético de Madri na final por 2 a 1, isso em agosto de 1986.

1987 – de pé: Ademar, Balu, João Batista, Geraldão, Wellington e Andrade.
Agachados: Robson, Douglas, Eduardo, Ernani e Edson

NO BLOG DE HOJE, DOIS VÍDEOS COM GRANDES DEFESAS DO GOLEIRÃO WELLINGTON. ABAIXO, O 1º VÍDEO.

Narração de +Fernando Sasso e Luciano do Valle.

Em setembro de 1989 transferiu-se para a equipe do Vila Nova de Goiás, em 1990 defendeu a equipe do São José, de São José dos Campos (SP), em 1991 defendeu a equipe do América, de São José do Rio Preto (SP), e outras equipes do futebol brasileiro até encerrar a carreira em 1995.
Iniciou sua carreira de Técnico de Futebol em 1997 nas categorias de base do Villa Nova de Nova Lima (MG), em 2000 foi auxiliar técnico da seleção sub-20 do Qatar. Teve sua primeira experiência numa equipe profissional, no Tupi de Juiz de Fora, onde trabalhou nos anos de 2001 2002, 2003 e 2008. Trabalhou também nas equipes da Francana (SP) em 2001, Sobradinho (DF) em 2002, Uberlândia (MG) em 2003, Democrata GV (MG) em 2004 e 2006. Welington é graduado em Educação Física pela Faculdade Salgado de Oliveira.
Informações extraídas do livro “O último homem da defesa” de Antônio Carlos Teixeira Rocha.

Como técnico, Wellington é reconhecido por marcas históricas como ter dado o título mais importate da história de 96 anos do Tupy Football Club (Campeão da Taça Minas Gerais 2008) e ter a maior série invicta do Tupy Football Club de 23 partidas entre 2001 e 2002.

Sem falar que como técnico do Uberlândia Esporte Clube, nas 29 partidas, Welington Fajardo jamais perdeu em casa.


Em 2008, campeão da Taça Minas Gerais, primeiro título do Tupi a nível estadual em 96 anos de história, classificando-o para a Copa do Brasil 2009. Campeonato Mineiro 2009, assumiu o Uberlândia na lanterna do campeonato e conseguiu livra-lo do rebaixamento.
Fonte: grade área – futebol interior

Etinho e a conquista inédita.


2º VÍDEO COM IMPORTANTES DEFESAS DO GOLEIRO WELLINGTON





ACESSE: www.sjonline.com.br e leia a coluna de esportes NO GIRO DA BOLA com Nei Medina.

Até a próxima se Deus quiser!

domingo, 9 de setembro de 2012

CENTENÁRIO PERDE NO TEMPO NORMAL, MAS SE CLASSIFICA NOS PÊNALTIS.



No jogo de volta pela oitava de final, o Centenário abusou do direito de perder gols e recebeu como castigo a derrota no tempo normal. Independente 1x0 gol de Bruno.

Como você observará no vídeo abaixo, logo aos 3 minutos da 1º etapa, após cobrança de falta da direita, a bola passou por toda a pequena área do Independente e nem Gielo nem Michel conseguiram finalizar. Logo em seguida, Michel penetrou pela esquerda e tocou na saída do goleiro Vítor, mas Ademir estava atento e tirou em cima da linha.
O Independente respondeu com um belo chute de Bruno que levou perigo a meta defendida por Fábio. E o primeiro tempo terminou assim 0x0.

Veio a segunda etapa e Odair, que acabara de entrar no lugar de Sandro, perde ótima chance finalizando nas mãos do goleiro Vítor do Independente.
Aos 12 minutos, Odair cobra falta da direita e Vagner finaliza de cabeça para fora.
A pressão continuava e depois do cruzamento de Marcos Vinícius”chiqueirinho”, Vágnr escorou para a pequena área onde estava o volante Vinícius. A bola não caiu no “pé bom” e ele finalizou para fora.
Aos 32 minutos Bruno fez o gol do Independente(não temos o gol). E ainda deu tempo para Odair centrar mais uma bola e Vágner cabecear nas mãos do bom goleiro Vítor.

Final de jogo: Independente 1x0 Centenário.

Como o Centenário havia vencido o jogo de ida por 3x0, a deicsão da vaga foi para os pênaltis.

O Independente começou batendo e Pedro perdeu; na sequência tivemos: Papito marcando para o Centenário 0x1;  Vitor marcou 1x1; Vinícius marcou 1x2; Bruno perdeu 1x2; Vagner perdeu 1x2;  Lucas marcou 2x2; Odair marcou 2x3; Dione marcou 3x3 e fechando a sequência e a decisão o goleiro Fábio marcou fazendo Independente 3 x 4 Centenário.

O Centenário está na semi final.




Arbitragem: O árbitro José Lúcio Teixeira”Jóia” teve uma boa atuação. Mas a atuação dos dois auxiliares (Geraldo de Assis e Antônio Édio Elói) não agradou as duas equipes e nem aos torcedores.

O Independente jogou e venceu com Vítor;  Rafael(Cokuche), Anderson, Ademir e Lucas; Chubert(Dione), Diogo, Bruno e  Lucas Tibério;  Diego e Pedrinho. Técnico: Álvaro”Leleco”Rodrigues.

Centenário teve Fábio no gol; Diego”farinha”, Diego”papito”, Júnior Gileo e Torrda; Sandro(Odair) Emiliano, Vinícius” e Marcos Vinícius”chiqueirinho”; Michel Lima(Rogério) e Vagner. Técnico: Deacir.

 Centenário em momento de oração e união


 Odair e chiqueirnho em jogada ensaiada


antônio edio eloi, diogo, jose lucio teixeira, emiliano e geraldo de Assis


 denilson,vitor, cokuche, andersom, ademir, diego,leleco e fabricio. chumbert, lucas,pedrinho, bruno e rafael


fabio, rogerio,jr.gielo,papito,farinha,vinicius e adao. odair,vagne,chiqueirinho, torrada, michel e sandrro



Até a próxima se Deus quiser!

domingo, 2 de setembro de 2012

CENTENÁRIO ARRASADOR!


Vinicius 
Pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Heleno de Freitas, a Associação Atlética Centenário não tomou conhecimento do Independente de Goianá. O representante de São João na Copa Heleno de Freitas derrotou seu adversário pelo elástico placar de 3x0 com dois gols do artilheiro Michel Lima e um do excelente atacante Vágner.

No vídeo, abaixo, veremos que a equipe de Goiana, comandada por Álvaro”Leleco”Rodrigues, mesmo jogando fora de casa, partiu pra cima do Centenário. O primeiro lance de perigo saiu depois de uma cobrança de falta do meia Robson”cotoco”, obrigando ao bom goleiro Vítor a praticar excelente defesa.
Logo em seguida, Diogo do Independente finaliza de pé direito com a bola saindo com muito perigo.
Aos 25 minutos, Michel Lima perde uma excelente oportunidade onde prevaleceu a sorte do goleiro Vítor que fez ótima defesa mandando para escanteio.
Aos 28, o atacante Diego faz ótima jogada pela esquerda, invade a área e toca de pé direito com a bola indo explodir na trave esquerda do gol defendido por Fábio.
Em seguida, aos 33 minutos, depois de ótima jogada do competente Vinícius (primeiro volante que marca bem e sai para o jogo) este foi a linha de fundo e centrou para o artilheiro Michel Lima que estava com o “dedo no gatilho” e de cuca legal abriu o marcador.
Aos 40, após escanteio da direita de ataque do Independente, Cocuche perde ótima chance. E a primeira etapa terminou assim.

Veio o segundo tempo e o panorama não mudou. O Independente, mesmo saindo derrotado na primeira  etapa, voltou com muita determinação e logo de início levou perigo à meta defendida pelo excelente goleiro Fábio, que foi obrigado a realizar grandes defesas. Como no chute do ala Chubert, espalmando para escanteio. Depois na cobrança de falta do meia Diogo(8), colocando novamente para corner.
Em jogada individual pela esquerda, Vagner foi derrubado dentro da área, pênalti. Michel Lima bateu e marcou seu segundo gol na partida.
O independente não se abateu com o segundo gol, e Bruno(10) dominou dento da área e soltou a bomba para nova defesa do ótimo goleiro Fábio que mandou para escanteio. Lucas cobrou e outra vez Fábio mostrou muita segurança ao saltar entre os zagueiros e atacantes e praticar mais uma defesa.
Ainda teve tempo para Vagner dar números finais ao jogo ampliando para 3x0. (não temos o gol).


Com boa atuação de Antônio Moraes, auxiliado por Antônio Chiconeri e Welton Siqueira Resende(trio de Cataguases) o Centenário jogou e venceu com Fábio no gol; Diego”farinha”(Rogério), Diego”papito”, Júnior Gileo e Torrda(Crhistian); Emiliano, Vinícius(Sandro), Robson”cotoco” e Marcos Vinícius”chiqueirinho”; Michel Lima e Vagner. Técnico: Deacir.

O Independente jogou com Vítor; Lucas, Anderson, Ademir e Chubert(Neném); Darlan, Diogo, Bruno e Cocuche(BrunoII); Diego(Felipe) e Pedrinho. Técnico: Álvaro”Leleco”Rodrigues.

Pelo lado do Centenário destaque para o excelente goleiro Fábio que foi fundamental na vitória com ótimas defesas; os zagueiros Papito e Gielo; o volante Vinícius que foi o marcador da entrada da área e ainda deu o passe para o 1º gol do Michel e do Centenário; e os atacante Michel Lima pelos 2 gols e Vagner pela luta, vibração e pelo gol que fechou o placar.
Mesmo derrotado, se destacaram pelo Independente o goleiro Vítor, o zagueiro Anderson; os volantes Darlan e Diogo e o meia atacante Bruno.

O jogo de volta será no próximo domingo, 15 horas, em Goiana.

Antonio Chiconeri, Antonio Moraes e Welton Siqueira Resende - trio de CAtaguases

Diogo, Ademir, Cocuche, Anderson, Chubert e Vitor. Diego, Lucas, Darlan, Pedrinho e Bruno

Junior Gielo, Torrada, Diego Papito, Diego FArinha, Vinicius e Fabio. Vagner, Michel Lima, Emiliano, Marcos Vinicius e Cotoco

Michel Lima

Até a próxima se Deus quiser!