domingo, 26 de agosto de 2012

CENTENÁRIO x PRAINHA – “JOGO SEM JOGO”


Centenário - Diego, Torrada, Michel, Vinicius, Papito, Robert  Adao. Odair, Michel Lima, Marcos Vinicius, Wagner e Robson cotoco.

Quando eu e os poucos torcedores que compareceram ao campo do Mangueira vimos as equipes de Centenário e Prainha adentrarem ao gramado, tínhamos a certeza que assistiríamos a uma grande partida de futebol.

Do lado do Centenário, bons valores como o goleiro Robert, os zagueiros Diego “papito” e Júnior Gielo; o excelente volante Vinícius com os meias Marcos Vinícius e Robson”cotoco”, além dos atacantes Michel Lima e Vagner.
Da mesma forma o Prainha com o goleiro Gabiel, os alas Rafael Feijão e Tatinha; os zagueiros Fernando e Tim “Paraguai”; o meia Wendel Pity e os artilheiros Tatá e Tiquinha, sinalizavam a garantia de um ótimo espetáculo. Mas, infelizmente, não foi o que se viu.

Está certo que, antes de começar a partida as duas equipes já estavam classificadas, pois o empate levaria ambas para a segunda fase e eliminaria o 15 de Novembro de Rio Novo, principal rival do Prainha. Mas ao iniciar a partida parecida que o Prainha estava preocupado em vencer o jogo. Como mostra o vídeo abaixo, a equipe de Rio Novo foi superior ao Centenário em todo o primeiro tempo. Logo aos 5 minutos, Feijão chutou de fora da área e a bola explodiu no travessão sobrando para Tiquinho em posição irregular.
Em seguida, Tatá dominou livre na entrada da área e finalizou para boa defesa do goleiro Robert do Centenário.
Continuando a pressão, Tiquinha finalizou mal da entrada da área.
Explorando pouco as laterais do campo, o Centenário só reagiu aos 28 minutos com um belo chute de Robson”cotoco” obrigando ao goleiro Gabriel realizar excelente defesa.
Aos 33 minutos, o atacante Tatá criou outra boa chance ao driblar o goleiro Robert, mas a bola escapou para linha de fundo. E a 1ª etapa ficou assim, Centenário 0x0 Painha.

Veio o segundo tempo e o técnico Deacir José do Centenário optou por poupar o ala Torrada que saiu para entrada de Cristian. O resultado de 0x0 era muito perigoso para o Centenário, pois como o Prainha estava melhor no jogo, o mesmo poderia abrir o placar a qualquer momento.
Logo aos 5 minutos, após escanteio cobrado por Odair, Vagner quase abriu o marcador para o Centenário. Aos 15 minutos, Michel Lima entrou pela direita e fez Centenário 1x0.
Aos 18, Wendel Pity quase empatou obrigando o goleiro Robert fazer grande defesa colocando para escanteio.
Mas, aos 28, o zagueiro Gustavo que acabara de entrar na vaga de Feijão, cabeceou no ângulo esquerdo do goleiro Robert, empatando o jogo, após bela cobrança de escanteio do ala Rafael.
Resultado que permaneceu até o final da partida, e que classificou ambas as equipe para a segunda fase da competição.


Com boa atuação de Márcio Dias, auxiliado por Welton Siqueira Resende e Amarildo Macedo Lima, o Centenário jogou com Robert no gol; Diego”farinha”(Bochecha), Júnior Gielo, Diego”papito” e Torrada(Cristian); Vinícius, Marcos Vinícius, Odair(Sandro) e Robson”cotoco”; Michel Lima e Vagner. Técnico: Deacir José.

Prainha jogou e empatou com Gabriel; Rafael, Fernando, Tim”Paraguai” e Tatinha; Michel Gielo, Júnior Negão, Feijão(Gustavo) e Wendel Pity(Dedé); Tatá e Tiquinho. Técnico: Cidinho.

*** AINDA NO GRAMADO DO CAMPO DO MANGUEIRA, O DIRETOR DO CENTENÁRIO, “SASSÁ” ANUNCIOU A CONTRATAÇÃO DO MEIA LÉO MEDEIROS, QUE DEFENDEU IPATINGA E FLAMENGO, COMO REFORÇO PARA A SEGUNDA FASE DA COMPETIÇÃO.

A Liga de Futebol de São João Nepomuceno por intermédio de seu competente presidente, Ronílson Barbosa, divulgou os jogos da 2ª fase da competição.
Jogos de ida e volta
Domingo, 02 / 09  15 horas

Centenário    x   Independente  -  São João Nepomuceno
Comercial  x  Pequeriense   -  Argirita
Imparcial  x  Prainha   -   Guarani.

Amarildo Macedo Lima, Marcio Dias e Welton Siqueira Resende

Carlos Heleno, Hiago Dias e Rodrigo

Jose Lucio - jornalista de Rio Novo

Prainha-Tim Paraguai, Tiquinho, Rafael, Fernando, Jr Negao e Gabriel. Feijao, Tata, Wendel Pity, Tatinha e Michel Gielo

Robson Cotoco - Centenário

Wagner

Craque Vinicius

Artilheiro Tatá

Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser.


sábado, 25 de agosto de 2012

1 9 3 2 - MANGUEIRA 1x0 AMÉRICA de MIRAÍ




Talvez, um dos registros fotográficos mais antigos do nosso futebol regional.

Em 1932, a equipe do Mangueira Futebol Clube foi convidada para uma partida na vizinha cidade de Miraí, onde na oportunidade seria inaugurado o campo de futebol do América Social Clube.

O Mangueira venceu a partida pelo placar de 1x 0 com gol de Toninho Missiagia.

Na foto que ilustra este blog temos:

De pé a equipe do América – Gelva Siqueira(madrinha), Quetinho, João Rotondo, Pepino Castelano, Wellington Schelb, José Rotondo, Avelino Espanhol tendo ao colo o menino Jota, Quincas Jorge, Zé da Farmácia, Geraldo Siqueira, Odilon Siqueira, José Sabino e Oswaldo Ciribeli.

O Mangueira agachados:  Amazonas Lopes, Toninho Missiagia, Romeu, Guido Martins, Agostinho Fajardo, Afrânio Batista, Canário Verardo, Nestor Resende, Chico Português, Canarinho Resende e Eumenes Fajardo. O garoto com a bola e Walter Venâncio.

Obrigado ao amigo Botafoguense Sérgio Missiagia que cedeu esta relíquia fotográfica.

Continuamos com o objetivo do “resgate da memória esportiva”.

Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser!

domingo, 19 de agosto de 2012

PALMEIRINHA NÃO FAZ O DEVER DE CASA.



Mais uma vez o Palmeirinha foi derrotado jogando em casa. A equipe alviverde do bairro Beneti foi envolvida pela boa equipe do Imparcial de Guarani que trouxe a São João apenas 12 jogadores. Para piorar a situação, Artur, destaque do time de Guarani, saiu contundido ainda na 1ª etapa.

Em resumo, o Palmeirinha tropeçou em seus próprios erros, com pouca criatividade no meio campo e nenhuma jogada de linha de fundo. Jogada esta que o Imparcial realizou com perfeição. Como você verá no vídeo abaixo, depois de ótima escapada pela direita do jogador Edivan, este foi ao fundo e centrou para trás onde estava o ótimo jogador Artur, que de pé direito colocou no fundo da rede do goleiro Romário fazendo Imparcial 1x0. Ainda no 1º tempo, a equipe de Guarani perdeu ótima chance de aumentar o marcador, quando Edivaldo fez boa jogada pela direita e chutou sobre a meta defendida por Romário..

Na segunda etapa, o técnico Carlinhos Costa do Palmeirinha fez duas alterações que deram mais objetividade ao time. Promoveu as entradas de Marcelinho e Matheus nos lugares de Samuel e Betinho. As mudanças surtiram efeito, e logo aos 3 minutos o Palmeirinha teve um gol anulado(Matheus) pelo auxiliar Amarildo Macedo Lima(vídeo abaixo).  O Palmeirinha teve boas oportunidades para diminuir o placar e até empatar, pois o Imparcial abusou de faltas na entrada da área (em uma delas tive a impressão que o goleiro Marquinho derrubou Harison dentro da área, mas o árbitro marcou fora). Em outra oportunidade Maxuel cabeceou nas mãos de Marquinhos. Em seguida, depois de bom cruzamento de Marquinhos, Vinícius também perdeu boa chance.
Marcelinho e Matheus, também, tiveram a oportunidade de diminuir através de cobranças de faltas.

Quando parecia que o Palmeirinha empataria a partida, Edivaldo perdeu um gol incrível obrigando ao goleiro Romário a praticar excelente defesa. Logo em seguida, após falha do volante Antônio Carlos (enganou até o cinegrafista), Edivaldo aproveitou para ampliar aos 30 minutos. Imparcial 2x0. 

Depois de sofrer o segundo gols, o Palmeirinha ainda teve duas boas chances com Marcelinho e Matheus através de cobranças de faltas. E só conseguiu diminuir aos 37 depois de uma boa jogada de Marquinho pela esquerda que centrou para o gol de categoria do meia Walace. Final Palmeirinha 1x2 Imparcial.




Palmeirinha – Romário;  Samuel(Marcelinho), Romario, Maxuel e Betinho´(Matheus); Antonio Carlos, Fabríco, Vinícius e Walace; Marquinho e Harison(Léo). Técnico: Carlinhos Costa.

Imparcial – Marquinho; Edivan, Tianin, Fidélis e Felipe; Zé Sérgio, Alcir, Batata e Gabriel; Artur(Beto) e Edivaldo. Técnico: Raílson Neves

Gols:
Imparcial - Artur aos 18 1º tempo; Edivaldo aos 22 do 2º tempo.

Palmeirinha – Walace aos 37 do 2º tempo.

Arbitragem: Paulo César de Souza, auxiliado por Welton Siqueira Rezende e Amarildo Macedo Lima.
Delegado da Partida – Raimundo Andrade.

OUTROS RESULTADOS

O Centenário fez bonito, foi a Rio Novo e venceu a boa equipe do 15 de Novembro pelo placar de 3x2.
O Comercial perdeu em casa diante do Independente pelo placar de 2x5.

PRÓXIMA RODADA:

26/08/2012  -  15 horas

Centenário  x  Prainha
Descoberto  x  Comercial
Pequeriense  x  Palmeirinha.

Imparcial de Guarani

Walace autor do gol do Palmeirinha

Welton Siqueira Rezende, Paulo Cesar de Souza, Raimundo Andrade e Amarildo Macedo Lima


Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser.

domingo, 12 de agosto de 2012

TRÊS MARIAS É O CAMPEÃO DA 10ª COPA CIDADE GARBOSA



Foi um jogo digno de decisão, Palmerinha 3x4 Três Marias.

Em partida realizada no Estádio Antônio Cavalheiro, campo do Palmeirinha, o que se viu foi uma espetacular decisão.
Como você poderá observar no vídeo abaixo, o Palmeirinha abriu o marcador, logo aos 4 minutos de jogo, através de seu artilheiro Lenilson.
Depois do gol quem mandou na partida foi o Três Marias que teve diversas chances de empatar. O Palmeirinha cometeu muitas faltas na entrada da área, mas o Três Marias  não soube aproveitar. Final da primeira etapa Palmeirinha 1x0 Três Marias.

Veio o 2º tempo e logo aos 5 minutos, Oswaldo “Caçapa”(artilheiro da partida com três gols) cobrando falta empatou o jogo. Na verdade tive a impressão que o lateral Marquinho fez contra, mas o árbitro deu o gol para Oswaldo. Com o domínio da partida, parecia que o Três Maria viraria o jogo, mas o ala Marquinho do Palmeirinha, foi ao ataque e aproveito passe de Rodriguinho e aumentou para 2x1.
O Três Marias continuou “martelando” e aos 22 minutos empatou novamente com um belo gol de Alessandro (após o gol tirou a camisa e recebeu cartão amarelo)
Não demorou muito e Wagner, artilheiro do Palmeirinha na competição, meio que de cabe e ombro  ampliou para 3x2.

Quando parecia que o Três Maria não teria mais fôlego para reagir, Oswaldo, novamente de falta, empatou a partida aos 33 minutos. E aos 36, o mesmo Oswaldo deu números finais a decisão.
Final: Palmeirinha 3x4 Três Marias.

Três Marias campeão da 10ª Copa Cidade Garbosa – Edição 2012

*** Como quem faz três gols tem direito a escolher música, o artilheiro Oswaldo pediu “Gatinha assanhada” com Gustavo Lima. É o áudio que acompanha o vídeo abaixo.



Com arbitragem de Samuel dos Santos auxiliado por José Jorge Marciano e Edson Ribeiro o Palmeirinha jogou e perdeu com Niltinho no gol; Linderman, Charles, Val(Savinho) e Tales; Antônio Carlos, Edinho, Neném Paulino(Bruninho) e Rodriguinho; Lenilson e Wagner. Técnico Magela Passe.
O Três Marias venceu com Japão no gol;  Oswaldo”Caçapa”, Ismael, Andrade e Marquinho(Emerson); Marcelinho“Fininho”, Alessandro, Diego“Farinha” e Fizinho(Diego), Adeílton e Everson. Técnico: Welington dos Reis.

Agradeço o carinho como sempre sou recebido no Palmeirinha, em especial ao José Braz da Costa um dos organizadores desta 10ª Copa Cidade Garbosa.

José Jorge Marciano, Samuel dos Santos e Edson Ribeiro

Antonio Carlos Benetti - delegado da partida

Palmeirinha

Três Marias 

Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser.

domingo, 5 de agosto de 2012

PALMEIRINHA NÃO JOGA BEM E PERDE EM CASA.



Jogando no Estádio Antônio Cavalheiro, o Palmeirinha foi derrotado pela aplicada equipe do Pequeriense. A equipe alviverde de São João Nepomuceno começou bem o jogo, e logo aos 5 minutos, Harison abriu o placar. Depois do gol, o Palmeirinha se perdeu em campo e foi dominado pelo Pequeriense que após empatar a partida aos 25 minutos, teve chance de ampliar para 2 ou 3. Final da primeira etapa, Palmeirinha 1x1 Pequeriense.

Na volta para a 2ª etapa, o técnico Carlinhos da Costa fez duas alterações no Palmeirinha. Entrou com Juninho e Matheus (ambos de Cataguases) nos lugares de Antônio Carlos e Oswaldo “Caçapa”. As mudanças surtiram efeito a partir dos 15 minutos, pois, até aí o Pequeriense continuou melhor e virou o jogo com um belo gol de Rufino, o segundo dele na partida.

Como era de se esperar, a partir dos 30 minutos, o que se viu foi um verdadeiro bombardeio do Palmeirinha tentando empatar a partida. Mas não deu. Final Palmeirinha 1x2 Pequeriense.

No vídeo, abaixo, você observará que não temos o gol do Palmeirinha, mas no primeiro lance, após bola alçada na área, Matheus escorou de cabeça para Rufino empatar. Em seguida Marquinho levanta na área e Harison quase marca o segundo. Depois o Pequeriense levou perigo com Marquinho finalizando de dentro da área. Logo após, Carré faz grande defesa, com um chute a queima roupa do atacante Matheus. Após escanteio, o auxiliar José do Carmo anula a finalização de Matheus. Antes de terminar a primeira etapa, o goleiro Negreti defende falta cobrada por Walace.
Já na segunda etapa, Rufino finaliza de fora da área com a bola saindo a esquerda de Carré. O Palmeirinha responde com Matheus que finaliza para ótima defesa de Negreti.  Aos 14 minutos, o ótimo atacante Rufino penetra pela direita e pé esquerdo coloca no canto direito do goleiro Carré que nada pode fazer, Pequeri 2x1. Em seguida Ricardinho que acabara de entrar no lugar de Walace cobra falta para boa defesa de Negreti. O último lance do vídeo ficou por conta de Matheus cobrando falta para boa defesa do goleiro Negreti. Final Palmeirinha 1x2 Pequeriense.



Até o fechamento desta edição não tínhamos os resultados de  Prainha x Centenário e Comercial x Descoberto.

PRÓXIMA RODADA:
12/08/2012
Prainha  x  15 de Novembro
Independente  x  Descoberto
Imparcial  x  Pequeriense.

Harison - Autor do único gol do Palmeirinha

José do Carmo, Paulo Cesar Silva e Rui de Almeida

Pequeriense

 Rufino - artilheiro da partida com 2 gols

Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser.