domingo, 29 de julho de 2012

HELENO DE FREITAS 2012: CENTENÁRIO ESTRÉIA COM DERROTA


Diante de sua torcida, a Associação Atlética Centenário não conseguiu superar a boa equipe do 15 de Novembro. Estando boa parte do 1º tempo com total posse de bola, o Centenário não conseguia penetrar na defesa adversária e nem finalizava de fora da área.
A equipe de Rio Novo que iniciou o campeonato empatando com o Prainha, veio a São João com um esquema 4 -4 -2, saindo sempre nos contra ataques. No vídeo, abaixo, dá para observar que os momentos de maior perigo foram proporcionados pela equipe de Rio Novo. E aos 15 minutos, depois de um escorregão do volante Cacau, a bola sobrou para o talentoso meia atacante Dudu, que penetrou livre para fazer 15 de Novembro 1x0. O lance foi tão rápido que nem o cinegrafista conseguiu registrar.

O Centenário não se abateu mas continuava sem penetração na defensiva alvinegra. E aos 33, o atacante “Bicudo”, em jogada de puro oportunismo, aumentou para 2x0. A primeira etapa terminou assim.

Veio o segundo tempo. Dé, técnico do Centenário, fez duas modificações. Promoveu as entradas de Marcos Vinícius e Sandro nos lugares de Juninho PC e Cacau respectivamente.  Mas, logo aos 3 minutos, Lívio, cobrando falta, ampliou para 3x0. Foi uma ducha de água fria nos jogadores do Centenário. Mas, após os 15 minutos, as mudanças surtiram efeito, pois, Marcos Vinícius ficou mais próximo dos atacantes Wagner e Michel Lima levando perigo a defensiva do 15 de Novembro.

Quando o Centenário parecia que iria diminuir o placar, Tiago, que acabara de entrar, deu números finais a partida, ampliando para 4 x 0.




Com boa arbitragem de Márcio Dias, auxiliado por Paulo César de Souza e Rui de Ameida Silva, a Associação Atlética Centenário jogou e perdeu com Carlos no gol; Dany, Diego”Papito”, Rogério e Cristian(Wilian); Diego”Farinha”, Cacau(Sandro), Odair(Álvaro) e Juninho PC(Marcos Vinícius”chiqueirinho”); Wagner e Michel Lima. Técnico Dé.

O 15 de Novembro Futebol Clube venceu com Márcio; Lívio, João, Darlison e Diego; Bruno, Vinícius, Edmar(Tiago) e Rafael”Feijão”; Dudu e “Bicudo”. Técnico Paulo“Pavão”.

Próxima rodada:
05/08/2012  -  15 horas
Prainha  x  Centenário   Rio Novo
Comercial  x  Descoberto  Argirita
Palmeirinha  x  Pequeriense  São João Nepomuceno

 15 DE NOVEMBRO (Rio Novo)

Rodrigo Fisioterapeuta, Paulo Técnico e Nei medina.

Rui de Ameida Silva - Marcio Dias e Paulo Cesar de Souza



Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser.

sábado, 28 de julho de 2012

XI COPA FUTEBOL REGIONAL 2012 - HELENO DE FREITAS






Organizado pela Liga de Futebol de São João Nepomuceno, teve início no dia 22 de julho a XI Copa de Futebol Regional 2012, Heleno de Freitas. Com tudo para ser mais um sucesso, este ano, a competição conta com a participação de nove equipes, sendo dois representantes do nosso Município: Associação Atlética Centenário e Esporte Clube Palmeirinha.
As outras equipes são: 15 de Novembro Futebol Clube e Prainha Futebol Clube de Rio Novo; Descoberto Minas Clube de Descoberto; Independente Futebol Clube de Goianá; Sport Clube Pequeriense de Pequeri; Imparcial Futebol Clube de Guarani e Comercial Futebol Clube de Argirita

Na primeira rodada folgaram 3 equipes, e no clássico de Rio Novo, 15 de Novembro e Prainha fizeram um belo jogo e empataram em 1 a1.
Descoberto, jogando em casa, foi derrotado pelo Independente pelo placar de 4 a 2. E, na cidade de Pequeri os donos da casa venceram o Imparcial por 2 a 1.

A próxima rodada acontecerá amanhã com a cobertura do Blog do Nei Medina. Com a Graça de Deus, a partir de 15 horas, estaremos no campo do Mangueira acompanhando a estréia do Centenário que recebe a forte equipe do 15 de Novembro de Rio Novo.

Além desta partida teremos:

Independente x Comercial - 15 horas em Goianá;
Imparcial x Palmeirinha - 15 horas no campo do Palmeirinha.

Abraço a todos e até a próxima edição se Deus quiser!

sábado, 21 de julho de 2012

TAÇA BRASIL: Um único time carioca a conquistou.

                                                         Afonsinho


O Botafogo da década de 60 foi espetacular! Bi campeão estadual 61/62 e 67/68 possuía em seu elenco verdadeiras pérolas do futebol (foto abaixo).

Para completar a década vitoriosa do Glorioso, a conquista da Taça Brasil 1968.
Abaixo, fotos e texto da revista Grandes Clubes Brasileiros da Rio Gráfica e Editora-1972.

“ O Botafogo é o único clube carioca que conquistou a Taça Brasil, a mais importante competição interclubes do país até o momento em que a CBD instituiu o Campeonato Nacional.
Como campeão carioca de 1961-62-67-68, o Botafogo qualificou-se quatro vezes para disputá-la com os clubes campeões dos demais Estados, mas só consegui ganhá-la na última vez. Muitos fatores contribuíram para cortar o caminho do Botafogo em direção à Taça Brasil: más arbitragens, contusões de seus principais jogadores e, também, atuações surpreendentes de seus adversários. O fator sorte, igualmente, influiu.
Em 1967, por exemplo, o Botafogo perdeu para o Atlético Mineiro no cara ou coroa, depois de disputar 120 minutos de futebol corrido e aplicado. A falta de sorte foi tanta que coube justamente a um botafoguense, Geraldo Starling Soares, jogar a moeda para o ar no Estádio Minas Gerais.

Em 1969, porém, na competição referente ao ano de 1968, o Botafogo finalmente, através do capitão de seu time, Afonsinho, colocou as mãos na X Taça Brasil – troféu que ficou em poder do clube e que hoje está bem guardado em General Severiano.

Depois de afastar Cruzeiro e o Metropol, o Botafogo ficou em condições de decidir a Taça Brasil com o Fortaleza. No primeiro jogo, realizado em Fortaleza, dois gols sensacionais de Ferreti, no segundo tempo, fixaram o placar em 2 a 2, tirando a alegria dos cearenses, que já se julgavam vencedores com a vantagem de 2 a 0 obtida no início.
Na última partida, no Maracanã, o Botafogo não  encontrou qualquer dificuldade para vencer por 4 a 0 conquistando o título de campeão brasileiro.
Ferreti foi o artilheiro do Botafogo assinalando 7 gols, seguido de Afonsinho, Roberto Miranda e Rogério(2), Humberto e Paulo César(1)."

            1968  -  Moreira, Cao, Zé Carlos, Leônidas, Valtencir e Carlos Roberto.             
                        Rogério, Gérson, Roberto, Jair e Paulo César Caju


                1962 - Paulistinha, Manga, Jadir, Nilton Santos, Airton e Rildo. 
                          Garrincha, Édson, Quarentinha, Amarildo e Zagalo.


Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser!



domingo, 15 de julho de 2012

AYUPE, UM VENCEDOR! SUB 15 É CAMPEÃO!



Depois do honroso vice-campeonato da 1ª Copa TV Integração de Futebol, Marco Aurélio Ayupe voltou a campo, agora com a equipe sub 15 do Núcleo Recreativo de São João Nepomuceno, para derrotar a forte equipe do Bonsucesso de Ubá.

No jogo de ida em Ubá, o Bonsucesso jogou melhor e venceu pelo placar de 3x1. Na partida de volta, realizada no Estádio Heleno de Freitas, campo do Mangueira, você  verá no vídeo, abaixo, que o Núcleo se impôs e venceu no tempo normal pelo placar de 2x1.  Mesmo com o total domínio da partida, nosso representante não conseguia transformar esta vantagem em gols. Até que, na segunda etapa, Ayupe promoveu a entrada de Pelezinho que mudou a história do jogo, marcando os dois gols do Núcleo.

Com a vitória, a decisão foi para a prorrogação(pela melhor campanha, o empate dava o título a equipe de São João). Ainda no primeiro tempo da prorrogação, Matheus que realizava boa partida com ótimas jogadas, chegou na linha de fundo, e, após passar por seu marcador  rolou para trás; Júnior Ayupe, que acompanhava a jogada, só teve o trabalho de tocar para o fundo da rede marcando o gol do título.






Mais uma vez, parabéns ao competente Ayupe, toda sua comissão técnica e colaboradores. Parabéns aos nossos jovens e talentosos atletas.

Neste semestre, Ayupe disputou 4 competições; ficou com o título de campeão em 2 e vice nas outras 2. Em resumo: chegou na final em todas as competições que disputou.

Com arbitragem de Luiz Ferreira Cassino, auxiliado por José Carlos de Paula e Waldecir Dias Ferreira, são João jogou e venceu com Manoel no gol; Santiago, Sávio, Bililiu e Hugo: Vinícius torres, Maciel (Pelezinho) e Júnior (Cassinho): na frente Lucas (Willian), Saulo e Matheus.
Técnico: Ayupe
Bonsucesso perdeu com Douglas; Ruan, Jonathan, Thiago e Igor (Somália); Fabiano, Vítor, Leandro (Betinho) e Heitor; Cleyson e Tiula (Tacin).
Técnico Ferrari.

Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser.

Pelê entrou e mudou a histoira do jogo - 2 gols

Ayupe inervalo de jogo


Jogadores e trofeu

Jose Maria Martins e Laluce

Junior Ayupe autor do gol do título

 Waldecir Dias Ferreira, Luiz Ferreira Cassino e José Carlos de Paula

sexta-feira, 13 de julho de 2012

1981 - SÃO JOSÉ 1º CAMPEÃO DA 2ª DIVISÃO



Há  31 anos, a Associação Esportiva São José conquistava o título de campeão da 2ª divisão do Futebol de São João Nepomuceno, sendo a 1ª edição desta competição.

A final foi contra a fortíssima equipe do Esporte Clube Palmeirinha. A equipe alvi verde do bairro Beneti,  havia conquistado o torneio início, e, era tido com franco como favorito ao título.

A partida decisiva foi no Estádio Carlos Stibler, campo do Operário Futebol Clube, e, a arbitragem ficou a cargo de Neide Rodrigues Pereira.

Como era de se esperar o Palmeirinha dominou todo o primeiro tempo e saiu na frente do marcador com um gol do atacante Bim. Final da primeira etapa Palmeirinha 1x0 São José.

Veio o segundo tempo e o panorama não mudou, pois o Palmeirinha continuou dominando a partida. Mas aos 25 minutos o perigoso atacante Bim deixa o campo de jogo, o que deu força ao adversário. “Agora nós ganhamos este jogo”, disse o zagueiro Joaquim “tombado”. E não deu outra coisa. Paulinho Ricci (Transporte Ricci -transportando o progresso de São João), empatou aos 35 e Geraldinho do “Chico Boi”, aos 40 minutos, fez o gol da histórica virada e deu números finais a partida.

Final São José 2x1 Palmeirinha.

Na foto que ilustra este blog estão:
Gilson, Paulinho Ricci, Marcelino do Correio, Joaquim “tombado”, saudoso Cafuringa, São, Heleno Louzada “Dola” e Geraldo Ricci.
Agachados: Milton Ricci, Heleno Pereira, Totonho “maracá”, Geraldinho, ñ identifiquei e João Batista de Freitas.

Na foto, abaixo, está o time vice-campeão do 1º campeonato da 2ª divisão organizado pela Liga de Futebol de São João Nepomuceno.

 

De pé: Catitu, José Ricardo”Malhado”, Celinho Ricci, Nazareth, Tonho, Dainho e João “Gato”.
Agachados: José Maria de Almeida “Chumbinho”, José Maria, ñ identifiquei, ñ identifiquei, Zé “feio” e Bim

Com toda humildade digo que são fotos históricas.

Abraço a todos e até a próxima se Deus Quiser.



domingo, 8 de julho de 2012

ESPORTE CLUBE LARANJAL É CAMPEÃO!


Sob o comando do competente Marco Aurélio Ayupe, o representante de São João Nepomuceno foi valente na decisão da 1ª Copa TV Integração de Futebol Regional (extinta Copa Panorama).

Depois de perder o jogo de ida realizado no Estádio Heleno de Freitas (0x1), São João foi a Laranjal e conseguiu levar a decisão para os pênaltis, ao devolver o mesmo placar da primeira partida.

Pelo que vi do Laranjal durante toda competição, estrutura fora de campo, investimento na formação do elenco, treinamentos na reta final e nosso conterrâneo Braz Fernandes no comando técnico do time...  Com todos esses detalhes, não acreditava que nosso representante conseguisse reverter o resultado negativo do jogo de ida. Principalmente sendo o jogo de volta em Laranjal.

Mas o que se viu foi a equipe de São João atuando com personalidade no primeiro tempo, onde Ayupe manteve o experiente zagueiro Rogério e adiantou Carlos Heleno, que, jogando de volante, marcou o único gol da partida. Além de explorar a velocidade dos jovens, Marcos Vinícius, Michel “Robô”, Raniel e Michel Lima. O esquema funcionou bem e o primeiro tempo terminou com a vitória parcial de São João (1x0).

Veio a segunda etapa, e com ela o que todo mundo já sabia. A equipe alvirrubra de Laranjal partiu com tudo pra cima de São João, e, o que se viu foi um verdadeiro bombardeio contra a meta defendida pelo goleiro Manga, que ao realizar brilhantes defesas (também, realizou no primeiro tempo), segurou o resultado e se tornou o nome do jogo. Final Laranjal 0x1 São João.

Com este reultado, a decisão foi para disputa de pênaltis. Aí, brilhou a estrela do goleiro Bahia do Laranjal, que defendeu as cobranças de Júnior e Michel Gielo. O pênalti convertido por Juninho PC não foi suficiente para superar as quatro cobranças de Laranjal convertidas em gol.

Sendo assim, o E.C. Laranjal conquistou o título de campeão da 1ª Copa TV Integração de Futebol Regional. Festa em Laranjal.

Parabéns ao Walmir Garcia Mendes, Prefeito de Laranjal, que acreditou no trabalho do competente Braz Fernandes e sua comissão técnica. Parabéns aos atletas que honraram a camisa alvirrubra do Laranjal, e sua torcida que compareceu em todos os jogos para incentivar seu representante.

Palmas, palmas, muitas palmas para Marco Aurélio Ayupe e Cícero, que souberam aproveitar o potencial dos jogadores de nosso Município, provando mais uma vez (se é que precisamos provar mais alguma coisa) que São João Nepomuceno é, e sempre foi, o maior celeiro de craques da Zona da Mata Mineira.

Com certeza, o ponto alto de nosso representante foi o entrosamento de uma equipe que, mesmo formada “no apagar das luzes”, em cima do início da competição, se destacou pelo conjunto,  juventude e, principalmente, pela obediência tática.

Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser!


sexta-feira, 6 de julho de 2012

“ SE FICAR O BICHO COME, e, SE CORRER O BICHO PEGA! “



 SE FICAR O BICHO COME, e, SE CORRER O BICHO PEGA! “

Quem me conhece como analista esportivo, sabe que não sou comentarista de PÓS JOGO. Nas transmissões da Rádio Difusora AM, Rádio Criativa FM, programas na TV a Cabo, Blog ou SJonline, sempre me posicionei traduzindo o que poderia acontecer, e não falar do que já estava sacramentado. “Depois que acontece não adianta falar”.

O título do blog de hoje, “ se ficar o bicho come, e, se correr o bicho pega ”, traduz muito bem o que será o jogo de volta da grande decisão.

SE FICAR O BICHO COME - Nosso representante não pode jogar fechado saindo nos contra ataques. Não é a melhor opção. Isso deu certo no jogo de volta contra o Recreio (semi-final) porque ao adversário só a vitória interessava.

SE CORRER O BICHO PEGA – E se São João partir com tudo pra cima do Laranjal, buscando a vitória, pode correr o risco de se expor muito e voltar com outra derrota, pois, o elenco alvirrubro é muito experiente e pode se aproveitar disso.

A 1ª Copa TV Integração de Futebol Regional, infelizmente, a decisão para São João Nepomuceno já aconteceu. O jogo de ida, realizado aqui em nossa cidade, foi decisivo para as pretensões de nosso representante. Era importante uma vitória em nossos domínios, na pior das hipóteses um empate, pois, vencer em Laranjal será uma tarefa muito difícil.

“Ah, mas já vencemos adversários fora de casa...” Alguns torcedores entenderam que exagerei quando disse que São João, ainda, não tinha enfrentado um adversário do “quilate” de Laranjal. Na verdade, não se trata de um time imbatível, mas com uma ótima estrutura e com um elenco “rodado” no meio do futebol. Parada “indigesta” para os garotos comandados pelo competente Ayupe.

Em resumo: como aconteceu na decisão da Copa Libertadores 2012, o Corinthians ganhou o título no empate do jogo de ida na Argentina.
Na minha modesta opinião, na 1ª Copa TV Integração de Futebol, São João Nepomuceno deixou escapar o título ao perder o jogo de ida realizado no Estádio Heleno de Freitas. Podia até empatar, mas perder não.

Tomara que eu esteja errado em minha análise e São João consiga a vitória no tempo normal e também nas penalidades.

Abraço a todos e até a próxima se Deus quiser!


domingo, 1 de julho de 2012

O SONHO NÃO ACABOU... MAS VIROU PESADELO!



Como previmos, São João enfrentou um adversário duríssimo.

Para a partida de ida da grande final, o Esporte Clube Laranjal veio a São João Nepomuceno sabendo da importância de não perder. Sendo assim, sob o comando do competente Braz Fernandes, entrou em campo com um esquema cauteloso ( 4 4 2 ), saindo só na boa.

Já Marco Aurélio Ayupe, sabedor que só a vitória interessava, colocou São João num esquema ousado, jogando no 3 5 2, buscando o gol a todo instante.
Digo que só a vitória interessava para São João, porque bater a equipe alvirrubra em seus domínios será uma missão quase impossível para os garotos de São João.

A primeira etapa começou com certo domínio do representante de Laranjal. Até que, aos 20 minutos, Emiliano saiu contundido dando lugar ao jovem Juninho PC, que, caindo pela direita de ataque, deu outra movimentação a equipe de São João, equilibrando o jogo. Como era de se esperar em uma decisão, a partida foi muito estudada e com poucas chances de gol.

Veio a segunda etapa e logo aos 3 minutos, após cobrança de escanteio, o zagueiro Gustavo subiu mais que a defensiva de São João e fez Laranjal 1x0.

O técnico Ayupe ainda tentou mudar a história do jogo promovendo três alterações. Fez entrar Cristian, Odair e Mateus, nos lugares de Rogério, Juninho PC e Michel Robô respectivamente. Mas de nada adiantou, pois Laranjal jogou com a sabedoria,  competência e principalmente com a experiência de seus jogadores. Final, Laranjal 1x0.

Com arbitragem de Paulo Sérgio Oliveira, auxiliado por Vagner Zanoveli e Ludgere Batista nas bandeiras, e atrás dos gols por Welington Júnior e Seyder Peixoto, São João jogou com Manga, Michel Gielo, Rogério(Cristian) e Junior;  Romário, Emiliano(Juninho PC)(Odair), Vinicius, Marcos Vinícius e Michel Jonathans(Mateus); Raniel e Michel Lima.

Laranjal venceu com Bahia, Agnaldo, Gustavo Romualdo e Thiago; Júnior “Negão”, Fu, Peixoto e Moreno(Juninho); Leozinho(Tiquinho) e Gilcimar(Rildo).

Numa partida muito truncada, destaque para Vinícius da equipe de São João que foi um “Leão” em campo e Romualdo do Laranjal pela sua excepcional categoria (foto).



O jogo de volta será no próximo domingo na cidade de Laranjal.

Até a próxima se Deus quiser!